Contato

Phone : 1 (800) 603-3519 USA
+5511 2291-4587 Brazil

terça-feira, 26 de junho de 2007

Pare de empurrar com a barriga...


Você é um procrastinador? Você pensa bastante sobre o que gostaria de realizar, mas raramente os projetos saem do papel? Tem dificuldades em iniciar ou completar projetos porque seus padrões de exigência são altos demais? Você tem dificuldade em tomar decisões, vacilando sobre o que deveria fazer ? Torna-se facilmente mal-humorado, irritado ou argumentativo quando lhe solicitam fazer algo que não quer? Ignora tarefas importantes, e então no último minuto trabalha freneticamente para conseguir que as coisas sejam feitas?
Talvez você seja um procrastinador, mas não saiba.
O que é isto??
Todas as pessoas procrastinam. Quem não enfrenta ou enfrentou atrasos em preencher seu imposto de renda, organizar seu bagunçado espaço de trabalho, fazer aquele planejamento difícil que o chefe tanto quer ou o trabalho de conclusão na universidade? Procrastinar significa adiar, deixar para depois. Algumas vezes, procrastinar pode ser-lhe útil. Postergar a compra de um bem para no mês seguinte pagá-lo à vista, pensar melhor se é este o momento de você se casar, dar um tempo para esfriar a cabeça e juntar dados antes de uma decisão ou simplesmente deixar de devolver o vídeo na locadora, pois a chuva está mais para um dilúvio. Nestes casos, a procrastinação é uma aliada. Você escolhe procrastinar.
Mas, para algumas pessoas, adiar traz inúmeros problemas e, o que é pior, a procrastinação parece ter vontade própria. Como o jovem que não termina a faculdade, o gerente que deixa para o último momento projetos importantes e o marido que nunca acha tempo para o que a esposa espera (ou “reclama”, segundo o ponto de vista dele).
Procrastinar é sinônimo de deixar para amanhã, “empurrar com a barriga”, postergar, adiar. É um comportamento de autodefesa, um modo de diminuir diversos medos. Segundo Neil Fiore, da Universidade da Califórnia em Berkley, “é um mecanismo para enfrentar a ansiedade associada com iniciar ou completar qualquer tarefa ou decisão”.
Desculpas e conseqüências
As pessoas fazem de tudo quando procrastinam. Assaltam a geladeira de dez em dez minutos na véspera da prova de Matemática Financeira, telefonam a amigos que não vêem há tempo, trabalham em algo de menor importância (não importa o que seja), saem para fazer compras ou simplesmente plantam-se no sofá para assistir a um filme prazeroso.O procrastinador sempre encontra desculpas para não escrever o relatório, não tocar o projeto, não consertar o que está quebrado ou adiar indefinidamente sua consulta médica ou a decisão sobre as férias. “Não tenho o equipamento apropriado”, “pode não ser suficientemente bom”, telefonarei quando a tarifa for mais acessível”.
As conseqüências pessoais e profissionais para quem adia sistematicamente não são nada agradáveis. Do ponto de vista externo, encontram-se a perda financeira, a perda de amizade, notas mais baixas, tensão com familiares, divórcio, multas governamentais. Internamente, aparecem a autocrítica, ansiedade, incapacidade de gostar de outras atividades, sensação de fraude, depressão e exaustão física.
Se pensarmos sob a ótica da empresa ou da sociedade, é fácil imaginar que conseqüências traz um vendedor que adia as visitas mais importantes (e lucrativas), um gerente que põe toda a equipe a apagar incêndios ou um estudante de universidade (pública ou particular) que deixa seu curso incompleto.
“Vou levando!”
Procrastinadores pensam ter uma falta de habilidade em gerenciar seu tempo. Procuram livros e cursos sobre o assunto, mas todas as abordagens tradicionais falham. Procrastinadores crônicos, em vez de fazerem as coisas, tendem a gastar seu tempo pensando sobre o que eles deveriam estar fazendo. E é aí que a vida se vai.
É preciso entender que seu comportamento é uma tentativa de resolver uma variedade de questões, em que aparecem perfeccionismo, baixa auto-estima, medos, desequilíbrio entre trabalho e lazer.
São cinco os grandes medos que conduzem à procrastinação: medo do fracasso (a procrastinação dá uma desculpa para não atingir a nota ou desempenho máximo), do sucesso (mantém-nos afastado do melhor e das conseqüências que podem advir), de perder a batalha (um modo indireto de resistir à pressão de autoridades), da separação (se você valoriza estar próximo a alguém) e da ligação (se você valoriza acima de tudo sua individualidade e solidão e se sente ameaçado quando se envolve demais com outras pessoas).
Tem jeito?
As técnicas tradicionais de administração do tempo (prioridades, metas, ferramentas, planejamento) decididamente não auxiliam. Pelo contrário, criam mais um problema: “Se todos que fazem cursos com estas abordagens conseguem progresso, por que comigo não funcionam? O que há de errado comigo?”
A chave está em técnicas que não lutam com a procrastinação, porém com suas causas. Assim, enfrentar o perfeccionismo o fará avançar quilômetros. Aprender a ser humano, com direito à falha, trará sua nota 9 - contra um idealista e distante 10.
Comece já!

Metas passo a passo
Metas para um procrastinador são quase sempre vagas ou excessivamente ambiciosas. Estabeleça uma meta comportamental, observável, específica, concreta e dividida em pequenos passos.

Diversão. Sim, muita diversão.
Para manter altos níveis de motivação, diminuir a necessidade de procrastinar diante das demandas da vida e atingir alto desempenho, toda pessoa necessita de diversão sem culpa. O lazer proporciona períodos de renovação física e mental. Esteja certo de planejar para a próxima semana uma saída com amigos, ida ao cinema e qualquer outra atividade divertida de sua preferência. Diversão não é pecado! Nem privilégio dos não-procrastinadores.
Em vez das pedras do meio do caminho, veja o prêmio
Ansiedade ou excitação são dois lados de uma mesma moeda. Ao invés de ficar ansioso e amedrontado com o projeto que vem pela frente, veja pelo lado positivo. O que de novidade você irá descobrir com este projeto? Que experiências estimulantes e novas pessoas serão o prêmio desta empreitada?

Calendário reverso.
Seja a festa de aniversário de seu filho, seja o planejamento anual de seu departamento o objeto do seu adiamento, escreva as etapas necessárias partindo da data limite. Digamos que o aniversário seja daqui há três semanas. Naquela data você receberá os convidados e dará a recepção. Para a véspera, planeje decorar o ambiente; dois dias antes, compre as bebidas. A torta e guloseimas serão encomendadas com quinze dias de antecedência à data da festa. Antes disso, é hora de enviar os convites. E então, “hoje” você pode definir o local da festa e a lista de convidados. Esta é a sua tarefa de agora.

O início persistente
Os pensamentos “Este projeto é muito grande” e “Eu devo terminar” conduzem à paralisia. Troque o foco “terminar” por “iniciar”. Insista em começar hoje. Por exemplo, compre o envelope no qual enviará seu curriculum vitae a um possível empregador ou encontre uma caixa vazia para posteriormente juntar seus documentos para o imposto de renda. Por pequena que seja a tarefa, você está no controle. Adeus, ansiedade.

Técnica do rascunho.
Rascunhos e esboços iniciais são etapas necessárias e desejáveis que refletem o processo não-linear de iniciar um projeto. Saber que você está trabalhando na primeira versão de seu documento e que voltará a ele tantas vezes quanto quiser, afasta-o do perfeccionismo, permitindo-lhe iniciar já. Este artigo foi escrito ao longo de uma semana, justamente usando este técnica.

Controle a tensão.
Aprenda a lidar com a tensão. Ouça fitas cassete de relax. Faça exercícios físicos de forma regular (a atividade física estimula a produção de endorfinas e libera o acúmulo de tensões e frustrações). Experimente ficar sozinho por algum período (15 ou 30 minutos), sem necessidade de realizar nada, apenas repouso ou contemplação.

Busque apoio. Encontre um amigo. Trabalhe com alguém.
As pessoas podem ajudá-lo, mas não todas. Evite aquelas que elogiam incondicionalmente (soa como pressão) ou criticam e julgam ferozmente. Amigo é alguém que enxerga a situação do ponto de vista “seu” e pode dar-lhe a compreensão necessária e um feedback. Que tal encontrar um amigo que também quer caminhar das 6 às 7 horas da manhã?
Que tal um “sócio” para estabelecer um plano em conjunto seja qual for o projeto? Por vezes, unir-se a pessoas com habilidades complementares às suas, pode representar o mapa da mina para vencer a procrastinação.

Use recompensas ao longo do caminho
A auto-recompensa é mais eficiente do que a autocrítica. Comemore cada etapa vencida em seu projeto, por menor que seja ela. Ir ao cinema no final de semana, sua comida predileta, a visita a um amigo, o CD que você está namorando, um bate-papo com um amigo e elogios são exemplos de prêmios que você pode dar a si mesmo. Lembre-se: recompensas freqüentes e logo após ocorrer o comportamento almejado (nunca antes e nem exageradamente distante).

Leonardo Zandoná é Administrador de empresas, pós-graduado em Informática Empresarial. Viveu seus piores dias de procrastinador em meio ao curso de Mestrado em Marketing na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Não conseguiu concluí-lo, foi atrás de conhecer a fundo a administração do tempo e como vencer a procrastinação. Procrastinador recuperado, atuou como gerente de produto e é consultor e professor de Gestão de Marcas e Administração do Tempo. Lançou em outubro de 98, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), o curso “Vencendo a Procrastinação - técnicas de administração do tempo para superar o adiamento crônico”, já na sua sexta edição. Atua também na Fundação Regional de Economia.

domingo, 17 de junho de 2007


Sim, ele abriu uma empresa! Sim, ele acorda às 5h da manhã e continua até às 10h da noite, sem horário para almoço! Sim, ele trabalha aos finais de semana! Sim, por vezes, o medo bate e ele pergunta porque foi mesmo abrir a tal empresa! Não, ele não sabe a solução!Com certeza, você ou se identificou com as linhas acima, ou, pelo menos, já conheceu alguém em situação parecida. Por mais que imaginemos os donos de empresas como empreendedores visionários, na vida real não é bem assim. É o que conta Michel Gerber, autor do livro “O Mito do Empreendedor”, leitura recomendada por Kiyosaki, autor da coleção “Pai Rico, Pai Pobre”.As estatísticas comprovam: tanto aqui no Brasil, quanto nos EUA, a absoluta maioria das empresas fecha as portas antes de completar o primeiro aniversário. Por que?! É o tal mito do empreendedor. Mito porque a maioria daqueles que abrem uma empresa são técnicos e não empreendedores. Isso mesmo, técnicos. O João é um ótimo programador de computadores, faz o computador falar, um dia, cansado do chefe, ele abriu uma empresa de software. A Maria cozinha que é uma beleza, quem não gosta da comida da Maria…, um dia “deu na telha” e ela abriu um restaurante.E aqui entra a mais importante lição: ser muito bom em alguma atividade não significa que você vai ser muito bom em montar um negócio que faz tal atividade. O fato de o João ser um brilhante programador não significa que ele vai criar uma empresa de software de sucesso.
Uma empresa precisa de três personagens para crescer. O primeiro é o empreendedor, aquele que vive no futuro, determina o rumo da empresa e exerce a liderança. Outro é o gerente, aquele que é pragmático, planeja e torna as coisas previsíveis. Por fim, vem o técnico, que é importante também, é o executor. Toda empresa precisa ter os três personagens para obter sucesso e mesmo que o João seja o único funcionário da empresa, ele terá que administrar o tempo para saber atuar como os três personagens.
Mas você deve estar se perguntando da Maria, não está? Primeiro, a boa notícia: o restaurante cresceu ela até contratou dois funcionários, um é garçom e outro, cozinheiro promissor. Cozinheiro, mas faz de tudo um pouco, sabe como é… A má notícia é que nem sempre a comida sai tão gostosa quanto a da Maria, o atendimento… o atendimento é outro problema, pedidos trocados e demora para servir… É, alguns clientes estão reclamando e não acham mais a comida do restaurante tão gostosa…
Escrevo este texto para ajudar o João e a Maria e o leitor, depois de tantos parágrafos, já deve estar ansioso com a solução para os dois. A base de tudo é entender que um bom fazedor de certa atividade não vai necessariamente criar uma boa empresa que faz aquela atividade. Tendo isto em mente, é preciso investir nas habilidades de negócios. Difícil? Não. O autor do livro “O Mito do Empreendedor” criou um método para ajudar os donos de empresas que se percebem em maus lençóis. São 7 passos, dos quais vou destacar 3 que julgo muito importantes. Provavelmente, você já ouviu falar neles, mas é provável que o João e a Maria tenham se esquecido de implementá-los.
O primeiro passo é escrever qual o “objetivo básico”. Por que o João criou aquela empresa? A quem ele quer ajudar? Este “objetivo básico” que pode ser também chamado de missão vai dar a energia necessária para o dono do negócio enfrentar os desafios que surgirem.
O segundo é estabelecer o organograma da empresa. Mesmo que seja uma empresa bem pequena é importante definir quem faz o quê. E é claro uma mesma pessoa pode exercer mais de uma função. O João, por exemplo, está em todas as posições do organograma, mas é importante que ele tenha claro que exerce as funções nas áreas de marketing, finanças, na presidência ou até mesmo na limpeza.
Por fim, pense no seu negócio como ele sendo uma franquia. Todos as atividades devem ter sido pensadas e oficializadas por escrito. O seu negócio deve ser previsível. Para facilitar o mapeamento das atividades, novamente vale mencionar a importância de um organograma bem definido. A Maria poderia criar o Manual de Procedimento do setor de atendimento ao cliente. Neste manual, estaria explicado como o garçom deveria conduzir suas atividades. Seguindo o manual, já pensado da melhor forma pela Maria, independente do garçom que lá esteja, o atendimento será sempre o mesmo.
Pense no McDonald´s, imagine se em cada loja, fosse necessário contratar um gerente espetacular. Seria impossível. A idéia da franquia é poderosa. Criando procedimentos bem definidos, funcionários bons, seguindo o manual, vão conseguir prestar um serviço espetacular.
Para concluir, um breve depoimento. Li o livro e me identifiquei por algumas vezes com o João ou com a Maria. Defendo o surgimento de empresas, por conta disso, após ler o livro, escrevi este texto. Tenho utilizado as idéias do livro com sucesso. Sei que não existem soluções prontas, mas acredito que os passos sugeridos podem ser muito úteis. Se você tem um amigo que pode se beneficiar da leitura, envie para ele. Quem sabe ele não vai dizer: Sim, eu abri uma empresa! Sim, eu sei a solução!
Nota do autor: se você ficou curioso e quer visitar o restaurante da Maria, não posso garantir, mas aposto que tem um no seu bairro.

———————–

Marcelo Junqueira Angulo é administrador de empresas pela EAESP-FGV. Texto escrito tendo como referência bibliográfica o livro “O Mito do Empreendedor” ou “The E-myth Revisited” de Michael Gerber. Livro recomendado por Robert Kiyosaki, autor da coleção “Pai Rico, Pai Pobre”. Se você achou este artigo interessante, visite http://www.amigorico.org/.

quinta-feira, 14 de junho de 2007

O efeito multiplicador do $$$$

Dia 13/06, presenciei a tradicional festa de Santo Antonio no Pari.
Mais de 200.000 pessoas vindas de vários lugares para levar para casa o pão bento de Santo Antonio.
Das 06:00 hs da manhã às 24:00 horas, os fiéis (inclusive eu), trabalhando para alegrar a tradicional festa do bairro. Os pães não paravam de chegar e foram doados de diversas padarias para que nenhum fiel ficasse sem receber o seu pão. Tudo funcionava harmoniozamente, a comunidade trabalhava com ânimo e não deixamos ninguém sem pão. Tudo com um "porquê", em prol da reconstrução da torre da igreja que foi destruída por um incêndio ocorrido há exatamente 1 ano atrás.
Durante o almoço na festa de Sto Antonio, lembrei de uma passagem da Biblia sobre o milagre da multiplicação dos pães e percebi o que eu estava fazendo naquele dia, trabalhando para a reconstrução daquela igreja. Sozinho eu não conseguiria nada, mas com a ajuda dos meus amigos e familiares, consegui muito.
Por isso vou falar do efeito multiplicador do $$$$.
Imagine você na mesma situação que Cristo se encontrava, no meio do deserto, 3 pães e 2 peixes e uma multidão faminta. O que você faria ?
No deserto não existia $$$, nem padarias....Cristo abençoou os pães, e como mágica os pães se multiplicaram e ele alimentou a multidão. Façamos a mesma coisa nos dias de hoje. Claro, que não estamos no deserto e nem temos 2 peixes e 3 pães. Vivemos num mundo de abundância. Temos de tudo. Tudo que queremos tem alguém oferecendo. Mas no mundo capitalista, infelizmente ou felizmente, tudo tem um preço. Tudo tendo um preço, consequentemente você também tem um preço. Nao importa o seu preço, ou quanto vale o seu produto ou serviço. Pense no efeito multiplicador do seu trabalho. O que você pode fazer para transformar R$ 50,00 em R$ 5.000,00. Ou transformar R$ 0,50 em R$ 3,00. E como você pode fazer isso de maneira inteligente, prática e rápida.
Aconselho a ler o livro Atitude ! . Um livro fácil de ler, bom e barato, que relata a história da vida empresarial de Justin Herald, um garoto de 25 anos que aos 31 se aposentou e apostou $ 50,00 como capital inicial na grife Atitude ! Um bom livro que serve de inspiração de seu primeiro negócio e é um exempo do efeito multiplicador do $$$. De estar em vários lugares ao mesmo tempo. Uma ótima leitura e SUCE$$O !!!

domingo, 10 de junho de 2007

Qual o seu porquê ?

Agora vamos a uma reflexão individal para cada visitante qe ler esse blog. O "porquê" quero ter sucesso ?
Primeiramene, quando não sabemos a razão que nos leva a querer ter Suce$$o e Felicidade, certamente não ficaremos ricos, e muito menos prósperos. Se você economiza $$$ pensando em ser "mais e melhor" que seu vizinho, você está vivendo em função dele e também chegando sempre no segundo lugar. Pois se ele compra um carro, e você para não ficar por trás, compra um "carro melhor", sino muito, mas você ainda não descobriu o seu "porquê". Esqueçamos algumas palavras que nos acompanham desde quando nascemos. As palavras são : "melhor", "maior" e "mais que". Quando você tenta ser "melhor que", "mais que", "o único que", "o maior que", você está sendo perfeccionista, se comparando com Deus, e tendando ser "melhor" que Ele. E pensando desse jeito você ainda não descobriu o seu "porquê".
Pensando só eu você e não sendo "maior que" você sempre diz, "eu sou isso...", "eu sou aquilo", "meu amigo é...", "conheço uma pessoa que...". Você se compara e ainda não descobriu o seu "porquê".
Agora a pergunta : porquê quero ser bem sucedido e ficar rico (ou vice-versa, uma coisa não exlcui a outra, a riqueza e o suce$$o acontecem juntos) ?
Cada ser humano tem um "porquê" único...ninguém é melhor que ninguém e todos temos direito de chegarmos ao primeiro milhão. TODOS. A riqueza é abundante e não tem limites. Se você está lendo esse blog, é porque tem um computador, e se tem um computador é porque usa ou pro trabalho, diversão ou lazer...Então tem um "porquê" de ter o micro.
Agora vou explicar o motivo do meu "porquê" estar fazendo esse blog. Eu quero que você leitor, seje milionário para que possa pensar nas pessoas que você pode ajudar. Mas antes temos que ser bons. Na Biblia diz : " O mundo é dos mansos".
SUCE$$O








sexta-feira, 8 de junho de 2007

O Porquinho da Esperança



Uma jovem senhora casara-se cedo em seus 18 anos de idade. Logo a seguir foi mãe de dois lindos meninos. O segundo filho encontrava-se sempre adoentado, e por desespero desta jovem, o marido também passou a ficar um período doente. A jovem senhora tendo que cuidar dos filhos, do marido e ainda do pequeno empório que tinham na época, desesperou-se....Não contava que chegaria uma terceira gravidez, pegando-a de surpresa. Na época, era mais comum as pessoas procurarem por parteiras que produziam abortos naturais. E a jovem senhora decidiu rapidamente que esta seria a melhor solução para o seu momento. Seu filho mais velho na época com apenas 4 anos de idade, vinha pedindo a mãe que comprasse para ele uma irmã.A mãe dizia: Filho não temos dinheiro para comprar uma irmã para você agora, quem sabe um dia, quando mamãe puder, eu vou a loja e compro uma irmã para você. O menino não tinha conhecimento da gravidez da mãe, e antigamente era comum inventar para as crianças histórias de como os filhos chegavam ao lar, esperando que ficassem mais adultos para fazê-los compreender.A jovem senhora decididamente foi tentar o aborto com uma parteira. Voltou aliviada, devido a algum sangramento ocorrido. Passado alguns dias, ela notava que seu ventre continuava a crescer, algo estranho...O filho mais velho guardava economias em um cofrinho, que era um porquinho e dizia: - Mãe eu já tenho dinheiro para comprar minha irmã.... Me leva na loja de crianças mãe? E a mãe ia levando o filho na conversa para que ele esquecesse a tão sonhada irmã no momento.Resolveu a jovem senhora procurar o médico da família que havia feito o parto de seus dois filhos, implorando a ele que fizesse o aborto, falando da situação que ela enfrentava, e que sendo uma benção o ato para ela, naquele momento.O médico a examinou e constatou junto com a gravidez um cisto, e que ela teria que fazer uma cirurgia. Lá foi a jovem senhora, convicta que voltaria recuperada do cisto e sem a gravidez que no momento não era viável.A luta pelo médico, na época em que a medicina ainda não era tão avançada, foi imensa. Retirou o cisto e conservou o feto. Calou-se a voz do médico em segredo à jovem senhora, pois, sabia que ela voltaria. E deixou-a ir recomendando repouso.Ela voltou para casa segura que agora poderia continuar a lutar para manter a família e seu pequeno negócio. Porém, notou que após o período de repouso a barriga continuava a crescer.Seu filho mais velho insistente ao balançar o cofrinho "Porquinho" continuava pedindo a irmã tão desejada, alegando ter dinheiro para ser levado a loja.
Retorna a senhora ao médico em prantos e diz: Doutor, tem algo errado, minha barriga cresce, parece que continuo grávida!... Ele sorrindo diz: E estás!!!Este filho você o terá, foi com muita luta que o consegui salvar. Mas te prometo, que quando este nascer, eu farei a laqueadura e assim você ficará com apenas estes filhos combinado?Ela, chorou e chorou... Aceitou com muito amor! Sua luta pelo aborto encerrou! E Amou!Ao chegar em casa chamou seu filho e disse: Daqui algum tempo chegará aqui em casa mais uma criança. Eu e seu Pai vamos te dar mais um irmão! O menino feliz com a noticia dizia a mãe : Vamos agora mãe, eu tenho dinheiro no meu porquinho. A mãe explicava que nem sempre as lojas de crianças tinham meninas e podia ser que viesse um outro menino. E ele relutava: Não...Quero uma menina.Enfim chegou o dia do nascimento. A mãe chamou o filho e disse: - Hoje eu vou buscar uma criança, que será meu filho e teu irmão, terás mais um irmão! Aguarde aqui em casa e seja menino ou menina você vai amar assim como eu amo a você e teu irmãoO garoto dizia: - Mãe leva meu porquinho para não faltar dinheiro. Ela respondeu:- Este porquinho se chama Esperança, guarde-o contigo e acredite sempre nas coisas em que desejas conseguir! E não se esqueça que Deus tudo pode!E veio ao mundo uma menina saudável! Ao chegar em casa era a festa! O menino queria carregar a irmã em seus braços pequeninos e dizia: - É minha né mãe???
Assim, formou-se uma bela família dentro da alegria.Porém a filha recém chegada aos nove meses de idade, foi levada pela sua avó para passear que na tentativa de atravessar a rua foi colhida por um carro. A criança caiu de suas mãos, batendo a cabeça na guia da calçada. A avó sofreu alguns arranhões, mas a criança ficou em estado grave. Mesmo socorrida com urgência, entrou em estado vegetativo.Segundo os médicos, a menina não seria mais normal.... Provavelmente seria deficiente... Pânico na família!... O irmão inconformado ficava ao redor da menina balançando o seu cofrinho "Porquinho", fazendo barulho com as moedas, na tentativa de que ela tivesse qualquer reação. Durante um ano a menina se manteve estática, sem qualquer movimento. Um belo dia ela sorriu e todos os movimentos normais retornaram. E como um milagre, voltou à vida normal, sem nenhuma seqüela do acidente. Festa em família ! Os anos passaram, as crianças desta jovem senhora cresceram e se casaram, vieram os netos. A senhora desencarnou, bem como seu esposo.Embora os três irmãos afastados, cada qual com suas famílias, morando em cidades diferentes e distantes, sempre procuravam manter contato e um dia, a irmã recebe a noticia de que seu irmão contraiu um câncer severo e seria uma cirurgia de emergência. A irmã corre para segurar aquela mão querida que tanto apostou em sua vinda e vida. Cirurgia de 10 horas, parada cardíaca, luta médica pela vida. A irmã rogando a Deus e depositando no cofre da Esperança o milagre da salvação.Ao ver seu irmão após cirurgia, este, ainda quase inconsciente faz gestos com a mão, pedindo papel e caneta, queria dizer algo. Escreveu: - Minha amada irmã, sinto que não vou sobreviver, fica aqui do meu lado e segura minha mão se eu partir, quero sair daqui segurando tua mão, não te afastes de mim.A irmã começa a relembrar os momentos da infância e diz ao irmão: - Sabe aquele cofrinho da Salvação? Lembra do "Porquinho" que trouxeste tanto tempo em tuas mãos ? Eu estou aqui depositando no cofrinho toda a fé de que sobreviverás ! A mesma fé que tinhas de que eu viria para tua vida ! A tua fé, que me chamou lá do alto do infinito; a tua fé, que me colocou em pé para caminhar na vida, é a mesma que tenho por tua vida!Deus pode! Coragem, logo sairemos daqui, eu e você de mãos dadas ! Lembra que mamãe dizia que teu porquinho tinha o nome de Esperança ? Então, vamos colocar no amor de Deus nossas valiosas orações que são valores reluzentes aos olhos do nosso Pai !
E veio a Salvação ! Os dois irmãos saíram do hospital de mãos dadas comemorando a vida ! Nesta história de vida, analiso que dentro de todos nós há um "Espírito de Luta". Seja para nascer, seja para sobreviver, seja para morrer. Porém, todos somos impulsionados a batalhar. Todos somos verdadeiros heróis em algumas passagens de nossas vidas ! A jovem senhora desta história chama-se Albertina. O garotinho que tanto queria a irmã, chama-se Norberto Ney A menina sou eu, Cora Maria, a amiga de todos vocês.Eu sou a criança teimosamente nascida. Pela reencarnação optei, lutei, lutamos, lutaram! E cheguei!!! Sou filha da fé de um garotinho que acreditava no seu porquinho verdinho de nome Esperança ! De um médico consciente de que a vida é o melhor presente, independente de qualquer problema que estejamos atravessando. Filha da minha mãe de Amor !!! Esperança ! Busquemos ela sempre dentro de nossos corações. Ela existe e realiza milagres poderosos. Ela pode criar vida através de qualquer objeto à altura de nossas mãos. Ela é Deus respondendo aos pedidos de nossa alma e coração.

Cora Maria


$$$ De Grão em Grão a 1 Milhão $$$


Já tentou ganhar R$ 0,50 fazendo o que você sempre fez ?
Já poupou R$ 0,50 ?? Já gastou R$ 0,50 ??
Agora imagine que você fizesse isso durante sua vida toda ? Vivesse ganhando só R$ 0,50...Você teria que economizar e guardar num cofrinho . E se fosse US$ 0,50 ? Ou €, £ ?? Não importa. Se você conseguisse fazer isso 2.000.000 de vezzes você teria R$ 1.000.000,00 .
Uma moeda só tem valor no país e na época em que ela circula. De que vale os mihlões de dollares dentro do Titanic qando ele naufragou ? Portanto, o $$$ é para o presente visando o futuro.
Vamos dar um exemplo prático antes da nossa histórinha de SUCE$$O. Você é um comerciante. Vendedor de bombas de chocolate. Cada bomba custa R$ 3,50. Você pagando os fornecedores e se pagando. Tem um lucro de R$ 0,50. O que você faz ? Põe num cofrinho. Então você precisa vender muitas bombas para ter R$ 1.000.000,00. Teria que ter 2.000.000 de bombas vendidas. Imossivel ?? Claro que não !! Lembre-se o rico inventa $$$ !!! Enuanto você está consentrado em bombas de chocolate, você percebe que tem dom e talento para montar uma bomboniere....E não venderá só bombas. Então seus R$ 0,50 se multiplicarão em quindins, pastéizinhos de belém...e tudo mais que uma bomboniere pode oferecer. Percebeu ? As 2.000.000 de bombas assumiram outras "formas", e os mulhões aparecerão mais rápido.
Agora vamos a nossa histórinha de ficcção no próximo post.

quarta-feira, 6 de junho de 2007

Reflexão da semana



Nesta segunda-feira, participei da 22ª Reunião do Recém Fundado, Rotary Club São Paulo - Brás. E como sempre, tem as reflexões semanais.
Aqui vai a reflexão desta semana :
"Quando lhe chega uma alma em conflitos, é porque você tem a esperança.
Se alguém se aproxima com ódio, é poruqe você tem o amor.
Se alguém lhe confidencia segredos, é porque você possui a discrição
Se a mágoa lhe traz alguém, é porque você tem o perdão.
Se lhe apresentam a fantasia, é porque você tem a realidade.
Quando lhe trazem versos, é porque você tem a melodia.
Quando lhe estendem as mãos sangrando, é poruqe você tem o remédio.
Quando alguém lhe chega com a indecisão, é porque você conhece o rumo certo.
Quando alguém lhe chega com carências, é porque você tem a ternura.
E se alguém lhe busca com dúvidas, é porque você tem a fé.
Quando alguém se aproxima com passos vacilantes, é porque você tem a firmeza.
Se alguém se apresenta com a vontade paralisada, é porque você tem o dinamismo.
Quando alguém chega com a mente confusa, é porque você tem a lucidez.
E se alguém se aproxima com os braços abertos, é porque você tem o abraço.
E por fim, quando lhe apresenta um frasco vazio, é porque você tem o perfume.
Por todas essas razões, nunca deixe alguém que lhe busca partir sem uma resposta, pois ninguém chega até você por acaso."
Por essa razão, você está lendo essa postagem nesse blog e não é por acaso que estou escrevendo isso e você está lendo também. De alguma maneira nossas mentes estão conectadas.
Nada acontece por acaso...Estamos no mesmo barco....o barco do SUCE$$O !!!

terça-feira, 5 de junho de 2007

Texto de SUCESSO extraído de um blog de SUCESSO !


Um grande amigo meu - também leitor da Coleção "Pai Rico" - me contou entusiasmado na semana passada: "Marcelo, você não vai acreditar, expliquei a diferença entre ativo e passivo para dois colegas de trabalho: um vendeu um dos carros no dia seguinte e outro ia repensar com a noiva a compra do apartamento". Sim, o sujeito tinha dois carros e vendeu um deles no dia seguinte e naquele momento eu decidi: meu próximo texto será sobre a regra número um do "Pai Rico": a diferença entre um ativo e um passivo.Robert Kiyosaki, autor do livro "Pai Rico, Pai Pobre", afirma que se você deseja ser rico, tem que conhecer a diferença entre um ativo e um passivo e comprar ativos. É a regra número um e é também extremamente simples: ativo é algo que põe dinheiro no seu bolso e passivo é algo que tira dinheiro do seu bolso.


O que define um ativo e um passivo não são as palavras, são os números. Uma casa é um ativo ou um passivo? Uma casa põe ou tira dinheiro do seu bolso? Se a casa coloca dinheiro no seu bolso através de, por exemplo, renda de aluguéis, é um ativo. Porém, se a casa tira dinheiro do seu bolso com despesas de manutenção, impostos, etc, a casa é um passivo.


Uma outra questão interessante: o ouro é um ativo ou um passivo? Pai Rico dá a sua opinião no livro Independência Financeira: "o ouro só é um ativo se você o comprar por menos do que o vender". Se você comprou por $100 e vendeu por $200, o ouro colocou dinheiro no seu bolso nesta operação, é um ativo. "Mas se você comprou por $200 e vendeu por $100, então o ouro foi um passivo".


Infelizmente, segundo o "Pai Rico", as pessoas não sabem distinguir um ativo de um passivo. Os ricos adquirem ativos, enquanto que os pobres e a classe média compram passivos pensando que são ativos.


Os nossos colegas do primeiro parágrafo decidiram ou vender o segundo carro ou repensar a compra do apartamento porque perceberam que estavam adquirindo passivos e não ativos. O carro, por exemplo, tira dinheiro do seu bolso de várias formas: IPVA, gasolina, desvalorização, seguro, estacionamento, etc. Enquanto que o mesmo dinheiro aplicado em um ativo, estaria colocando dinheiro no seu bolso. Isto não significa que você não deva comprar um carro ou um apartamento para morar, significa que se o fizer deve estar consciente de que está comprando um passivo.


É simples, comece. Vou relatar uma experiência pessoal: comprei ano passado um daqueles computadores de mão (estilo Palm), raramente eu usava, gastava dinheiro com as pilhas e o aparelho ainda perdia significativo valor diante do surgimento de outros computadores mais modernos no mercado. Depois de entender a diferença entre ativo e passivo, percebi que meu computador de bolso era um passivo para mim. Vendi e hoje fico feliz em ver o dinheiro recebido gerando rendimentos no banco. Comece! Transforme, por menor que ele seja, um passivo em um ativo e, com certeza, você verá o resultado da regra número um.


—————————–
Marcelo Junqueira Angulo é administrador de empresas pela EAESP-FGV. Texto escrito tendo como referência bibliográfica os livros da coleção "Pai Rico, Pai Pobre" de Robert Kiyosaki. Se você achou este artigo interessante, visite
www.amigorico.org.


Você é SUCESSO !!!

Parabéns a você leitor.
Você é SUCE$$O !!!

segunda-feira, 4 de junho de 2007

O SUCESSO é doce !!


Abelha é SUCE$$O .

Para sermos prósperos, temos que ser "abelha". As abelhas trabalham em equipe e toda colméia com o mesmo objetivo em comum : produzir mel.

Imagine que esse mundo é uma colméia...Todos nós somos abelhas...Trabalhamos e alimentamos nossa colméia. Abelhas não precisam de $$$, só trabalho. Uma colméia funciona sem $$$. As flores vivem sem $$$. O pólen e o néctar é produzido sem $$$. Mas o mel é vendido pelo homem por $$$ para o próprio homem por $$$.

Portanto, foi o homem quem inventou o $$$, e durante toda sua vida você comprou coisas que a Natureza te deu de graça.

Se observarmos a Natureza, tudo funciona sozinho....Neste exato momento, há em algum lugar do planeta, há alguma abelha-rainha cuidando de suas operárias, e não são notícia de jornais. Ninguém é "despedido" de uma colméia porque chegou atrasado, fez greve ou porque produziu menos mel. Não existe controle de qualidade numa coméia, muito menos departamento de marketing e recursos humanos. Existe sim uma uniformização. Todos os "funcionários da colméia" vestem amarelo e preto, inclusive a abelha-rainha (o chefe).
A pessoa média ganha de $$$, os prósperos inventam $$$, e as abelhas inventam mel.

Ande com pessoas que inventam $$$....e coloque a criatividade para funcionar...Vão aparecer mais oportunidades e $$$. Ache sua colméia e comece a produzir "mel"....e SUCE$$O.



domingo, 3 de junho de 2007

Sucesso, Reconhecimento, Fama e Glória !!!

Video muito interessante inspirado no filme Gladiador.
Acredito que muitos filmes nos dão algumas mensagens para que reflitamos o que estamos fazendo com nossas vidas.
De que vale o Sucesso sem o merecido reconhecimento ???
Não devemos ter medo de nos expormos. Temos que enfrentar os obstaculos para conseguirmos o reconhecimento, fama e glória.
Já nascemos vitoriosos, somos sucesso !!! Lembre-se que de milhões de espermatozóides, você foi o vencedor...O Sucesso te acompanha desde a sua gestação...Se hoje você está lendo esse blog, e chegou até aqui, você é um vencedor...Pois você é SUCESSO !!!
Vamos ao filme :

sábado, 2 de junho de 2007

Final de $emana



Chega o final de semana (esse é o primeiro final de semana deste blog), o que faremos ??
Não iriei falar sobre SUCE$$O, pois ter chego o final de semana já é SUCE$$O.
Portanto, não devemos pensar mais nas nossas contas bancárias, contas a pagar e muito menos trabalho...É hora de reunir seus familiares e pessoas que você gosta e se divertir. Assistir um bom filme, ir a um shopping, afinal sair da rotina de trabalho. Se ninguém quiser sair de casa por causa do frio, vá sozinho...Lá fora você encontrará pessoas que estão procurando algo diferente também...Lembre-se o seu melhor amigo é o $$$...Se você não estiver com ele use a imaginação (afinal ricos inventam $$$ ), vá a missa, casa de amigos, dê uma volta na rua....encontre pessoas diferentes. Vá num shopping que você nunca foi, visite uma cidade distante, fale com algum parente que você não vê h´amuito tempo, enfim, FAÇA ALGO DIFRENTE .
Se caso você for no Mc Donald´s, vá no do Aeroporto de Cumbica, na estrada ou num bairro distante...Vá em algum Mc Donald´s que você NUNCA foi. Lá você encontrará pessoas diferentes, passará por lugares diferentes e encontrará respostas diferentes à suas mesmas perguntas.
A rotina trava a mente, a criatividade e a prosperidade. Como diz ma canção que um dia ouvi : "...cada dia a Natureza, tem o dom de se renovar e a faz com a sutileza, de nada ser como agora está." Até a Natureza muda. A Natureza é próspera...E VOCÊ, filho da mãe Natureza, precisa mudar sempre.
Uma dica : pegue uma musica que você já ouviu, tente decorar a letra e cantar sem ler...Já é algo diferente que você fez. Se fizer isso todos os dias...Você já está a um passo de se tornar um cantor. As oportunidades estão na nossa frente...Precisamos enxergá-las....Como num jogo de xadrez, os espaços vazios (ócio) te dá liberdade para se mexer.
Aproveite o final de semana (ócio) para crescer...Saia do óbvio !!!
SUCE$$O !!!

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Você já jogou xadrez ?


Hoje aprendi uma coisa diferente : xadrez chinês, o jogo chama-se .
Me fez lembrar dos tabuleros do xadrez clássico e refletir para que serve o xadrez.
Na verdade o jogo de xadrez só serve para você ser melhor em jogar xadrez...Só isso. Mas vamos levar isso na nossa vida e na nossa prosperidade. Enquanto jogamos xadrez, não produzimos, portanto, é um jogo inutil para quem está de fora vendo. As vezes até cansativo (uma partida ppode durar dias).
Mas para quem está jogando, o cérebro está trabahando a todo vapor. O jogador tem que pensar com coordenadas, matematicamente, regras de jogo e tomar o cuidado para não deixar derrubar a peça do Rei. Conclusão : quem joga xadrez tem mais habilidade para locar recursos.
Você vê soluções, possibilidades e saídas....E tudo isso sem perder a serenidade e a calma. Pois num jogo de xadrez, você só perde peças, na empresa e no trabalho você perde saúde e $$$.
Portanto, o jogo de xadrez é muito importante para treinar o seu próprio raciocinio em alocar recursos. Lembre-se que no xadrez o peão pode vencer o jogo dando um Xeque-Mate no Rei.
Agora transferindo esses conceitos para nossas vidas rumo ao sucesso...O que você faria com poucos recursos ? Imagine que você só tivesse moedas ?? Como você alocaria esses recursos ??
Lembre-se dos primeiros posts deste blog : Os ricos inventam dinheiro enquanto as pessoas comuns ganham dinheiro. Use sua vriatividade, jogue xadrez e SUCE$$O.